Subscribe:

Labels

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Sabbat Lammas



                     O Sabbat de Lammas, também conhecido como Lughnasadh (pronuncia-se “Lug-na-ssádh”) ou Festival da Colheita é comemorado no dia 2° de Fevereiro por aqueles que seguem a Roda Sul e no dia 1° de Agosto por aqueles que seguem a Roda Norte.
                     O nome Lughnasadh vem do Deus do Sol celta Lugh e significa “A Massa de Lugh” que faz uma referencia a todos os alimentos feitos a partir dos grãos da colheita, os celtas dedicavam este dia a Lugh e sua mãe. Neste dia comemora-se a primeira colheita do ano e grande parte das oferendas é constituída de pães e bolos, como também milho e outros grãos da época.
                     Lammas é uma época de renovação e agradecimento, neste dia agradecemos por todas as dádivas que recebemos dos Deuses, os antigos celebravam as colheitas fossem elas boas ou ruins e as oferendas eram para que a fertilidade da terra fosse mantida, mas em tempos atuais em que poucos são aqueles que vivem sua vida no arado e tiram seu sustento da terra e o cenário que vivenciamos é cada vez mais urbano, a colheita que celebramos é a colheita das vivencias, sejam elas boas ou ruins, celebramos a fartura, não só a da mesa, mas também a fartura em nossas vidas em vários aspectos.
                     Neste dia também é dedicar a renovação, nos desfazemos de amuletos e talismãs antigos queimando-os ou enterrando-os, simbolizando assim a partida do que esta velho e estagnado para da lugar ao novo.
                     Simbolizando também essa renovação durante a comemoração do Sabbat de Lammas, costuma-se assar uma massa de pão feita com os grãos da época na forma de um boneco.
                     Após assado e tendo esfriado e colocado no altar, durante a comemoração no momento em que o fogo for acesso costuma-se pegar o boneco de pão e, segurando-o, passar para ele todos os sentimentos, a lembrança de eventos passados e qualquer carga que você leve com você que queira renovar e se desprender para dar lugar a algo novo em sua vida. Após isso o boneco é queimado.
Este boneco não fui eu que fiz, sem câmera pra fotografar o meu x.x

                     Outro aspecto do Lammas na cultura Celta era que este dia também era o dia em que os compromissos eram renovados, os casamentos celtas eram diferentes do que são hoje em dia e ao final de cada roda o casal decidia se queria renovar o compromisso ou cada um seguiria seu próprio caminho.
                     Interessantemente algumas tradições do Lammas foram trazidas ao Brasil há muito tempo e em varias regiões ainda são muito praticadas popularmente, uma destas são a das bonecas feitas de palha de milho ou trigo que representavam os deuses e que eram considerados amuletos de proteção e que a chegada de cada Lammas as antigas bonecas eram queimadas e as novas levadas para casa, em Minas se tem o costume de na época das colheitas de milho separar alguns e deixar para secar, e depois, com eles confeccionar as conhecidas bonecas de sabugo e no ultimo dia do ano pendurá-lo atrás da porta da cozinha para atrair fartura.
                     Este costume mineiro eu já tinha ouvido falar por alguns amigos meus que moram em Ouro Preto e mais para o interior de Minas como também vi recentemente no blog A Casa do Mago, que sempre tem tanto conhecimento a nos passar.

                     Retirado da A Casa do Mago um ritual com a boneca de sabugo, que eu vi que é bem parecido com a do boneco de pão que eu costumo fazer.

Durante o sabbat, pegue a boneca com suas mãos, faça os seus pedidos, dê três voltas com ela ao redor do Círculo e ao final da terceira volta coloque-a dentro de seu caldeirão, salpique um pouco de açafrão sobre ela e ateie fogo enquanto diz.

“Eu agradeço o milagre da continuidade que vem até mim através das sementes que revelam a promessa do renascimento. Bendito seja o Senhor dos grãos”

Depois que a boneca queimar, consagrar a boneca nova com todos os elementos: sal (representando a terra) – passar pela fumaça do incenso (representando o ar) – passar pela chama da vela (representando o fogo) e aspergir água (representando a água) e dizer.

“Bendito seja a vida que cresce e se  multiplica 
Nós agradecemos a Deusa Mãe da Colheita e o Senhor dos Grãos 
Que assim seja e que assim se faça”

A confecção da Boneca de Milho esta no post separado.

Alguns dados a Mais...
Nomes alternativos: Lughnashad, Elembrios, Harvest Tide, Teltain, Lughnasa, Lunasa ou Laa Luas e Véspera de Agosto (pois no hemisfério Norte esse Sabbat ocorre no início de agosto).
Cores: marrom, laranja, vermelho, amarelo.
Ervas: peônia, flor de trevo, heliotrópio, verbena, murta, rosa, girassol, musgo irlandês, trigo, salga, centeio, aveia, cevada, arroz, alho, cebola, manjericão, menta, babosa, acácia, folha de maçã, folha de framboesa, folha de morango, folha de uva, azevinho, confrei, calêndula,
vinheiro, hera, avelã, espinheiro-preto, sabugueiro.
Símbolo: pães, grãos
Deuses: da colheita, fartura, grãos. O principal Deus cultuado neste Sabbat é Lugh
Cristais: citrino, peridoto e topázio
Alimentos: pães, nozes, e milho (sementes e cereais)
Bebida: vinho, chá de camomila
Frutas: melão, laranjas, bananas e abacaxi
Incenso: aloés, rosas e sândalos.

2 comentários:

Sandrini disse...

Que orgulho, só podia mesmo ser minha irmã! Como essas crianças crescem rapido hoje em dia T-T lembro como se fosse ontem de quando eu ainda te ensinava a ser pervertida e tarada...

Eu não sabia desse pão-boneco, sempre achava só receitas de pão para ritual com vinho. Até receita de bolo de grãos tinha. Mas adorei \o/ um dia eu faço e_e'''' por enquanto a gente se vira como pode, né XD

Muito bom o texto, mana. Explicativo, boa escrita, trás várias coisas como história e rituais. Assim mesmo que tem que ser ^_^

Tudo de bom pra vc!!
Kissus ;****

Helena disse...

hahahahahahaha
Só você mesmo San pra me mandar um comentário desses... o.O
O boneco de pão eu aprendi com uma amiga minha, o de sabugo eu verei se faço ano que vem, esse ano a comemoração vai ser simples. n.n

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...